Montar um plano de marketing estratégico não é um problema quando se conhece as etapas do planejamento, implementação e análise de resultados

Por: Stephanie S. Friesen

Fazer o planejamento de Marketing da sua empresa parece uma luta contra um monstro de sete cabeças? Vamos descomplicar isso! As etapas para construir o melhor plano são relativamente simples: planejamento, implementação e análise dos resultados. Mas o que precisa ser feito em cada etapa?

Para entender o passo a passo de um plano de sucesso reunimos, nesse artigo, dicas da especialista em Marketing Estratégico e Neuromarketing Dra. Shirlei Miranda Camargo.

PLANEJAMENTO

Um objetivo sem planejamento é apenas um sonho, mas um sonho com planejamento vira um objetivo! Por isso, essa é a etapa mais importante de todo o processo. Planejar é pensar e organizar a ação, o que possibilita alcançar os objetivos propostos.

O foco principal

Antes de mais nada, a empresa precisa ter uma identidade visual, linguagem e tom de voz bem alinhados, para assim se comunicar com quem mais importa de maneira eficaz: o cliente. Afinal, o cliente é quem traz o lucro para a empresa, paga o salário da equipe e dos gestores.

“Muitos empreendedores têm uma percepção enviesada e acreditam que seu negócio seja maravilhoso, o que pode ser mesmo, mas já foi questionado ao consumidor se ele concorda. Será que ele está gostando? Será que vai aprovar alguma mudança que estejamos fazendo em nosso produto ou serviço? O essencial é perguntar ao consumidor, pois é ele quem precisa gostar, e não o dono da empresa”, lembra a Dra. Shirlei Camargo.

E como isso pode ser feito? Através de uma pesquisa! Para a especialista em Marketing Estratégico, a pesquisa é o coração do Marketing, pois ajuda a entender as necessidades e desejos do consumidor e, a partir disso, elaborar todas as estratégias.

A pesquisa

Alguns pontos precisam ser contemplados ao realizar a pesquisa para um plano de marketing de sucesso. É essencial realizar um estudo ambiental e saber em que pé está a empresa, seus clientes, os concorrentes e o entorno, de forma a evitar problemas que possam surgir.

Esse estudo é dividido em duas partes: o macro e o microambiente. O macroambiente envolve uma pesquisa sobre o cenário econômico, político, ambiental e cultural do país, região ou vizinhança em que a empresa está localizada. Já para conhecer o microambiente, é necessário analisar as forças e fraquezas de sua empresa, e também aquelas de todos os envolvidos no negócio.

Para a estrategista em Marketing, a empresa precisa responder a algumas perguntas: os fornecedores dão conta de uma nova estratégia? Quais são os pontos fracos de meus concorrentes? Como posso me destacar? O que preciso melhorar para alcançar o sucesso? “É necessário conhecer bem o cliente para saber o que ele deseja. Saber qual o melhor preço, a melhor forma de venda, onde e como realizar isso, além de estabelecer como os resultados serão medidos”, destaca ela.

O plano

Agora é o momento de escrever o tão aguardado plano, que precisa estar em harmonia com o que o consumidor deseja. Lembre-se dos 4Ps do marketing nessa etapa: produto, preço, ponto e propaganda.

A dica da Dra. Shirlei é aproveitar o que você domina do seu cliente e utilizar isso para traçar o plano: “O que ele quer comprar? Como? Quanto ele está disposto a pagar? Onde ele quer encontrar o seu produto? E para onde é possível distribuí-lo.”

Com o plano de marketing e ação em mãos, é hora de agir!

IMPLEMENTAÇÃO

Essa etapa é a que dá mais frio na barriga! A implementação do plano de marketing é quando as estratégias são executadas. É a hora de botar a mão na massa e desempenhar as atividades planejadas por tanto tempo e de maneira tão cuidadosa.

Mas e se algo der errado? No mundo do empreendedorismo, esse ponto é conhecido como “pivot moment” (momento pivô). Se isso acontecer, é necessário dar um passo atrás e analisar o que causou o erro, para entender como a empresa pode melhorar. Utilize o seu conhecimento para contornar a situação e elaborar uma nova resposta para esse problema.

Para saber como sua empresa está se saindo com o plano, apure os resultados.

ANÁLISE DE RESULTADOS

É essencial analisar suas estratégias periodicamente, afinal, o mundo está em constante mudança e o seu plano precisa se adequar a isso! Esse passo final também é essencial para descobrir se os resultados desejados estão sendo alcançados.

A maneira como sua empresa irá mensurar esses resultados deve ser estabelecida desde o início do planejamento, pois depende do que mais importa para os objetivos da empresa: volume de vendas, número de reclamações de clientes, alcance e engajamento…

E quantas vezes é necessário colher e analisar esses resultados? A especialista em Marketing Estratégico responde: “Não existe uma receita de bolo para rever as estratégias. Isso depende do setor e do produto. Mas o recomendado é que as metas sejam revisitadas anualmente e os resultados sejam analisados, no mínimo, mensalmente.”

A frequência de análises é importante para saber se o seu dinheiro não está sendo investido de maneira equivocada, pois o contexto econômico muda o tempo todo.

Conclusão

Agora o seu monstro de sete cabeças foi derrotado e deu espaço para um plano de ação concreto dividido em três etapas: planejamento, implementação e análise de resultados.

Gostou deste artigo e quer ter as melhores estratégias de marketing e um planejamento de sucesso que esteja alinhado com os desejos e necessidades do seu cliente? Entre em contato com a Smartcom – Inteligência em Comunicação.

Nós sabemos como e com quem a sua marca deve falar e estamos antenados em todas as tendências do momento! Marque uma conversa com nossa gerente, ou envie um e-mail: cris.bittar@smartcom.net.br.